Chegada

/
3 Comments
Fizemos o caminho contrário de Cabral. É hora dos índios (ou mestiços) irem a Portugal. Se os portugueses já sabiam da existência da nossa terra, não sei. Nós viemos com um propósito bem específico: participar do III Congresso Internacional de Literatura Infantil e Juvenil, em Chaves, na região de trás-os-montes. Assim que chegamos a Porto, alugamos um carro e rumamos para o norte. É primavera na Europa, portanto a natureza, exibida, presenteia-nos com o que ela tem de mais lindo: as cores. Os montes são verdejantes, alourados, lilases, convidativos. Dão-nos as boas vindas e fazem-nos sentir em casa. Chaves é uma cidade aconchegante. Amanhã vamos ensaiar para o Congresso, pela manhã, e à tarde, queremos bater perna.

Alencar.


Posts relacionados

3 comentários:

Evelyn Mayer de Almeida disse...

Ah, que Delícia!

Que saudades!
Que vontade de tá ai!!!!

Bjus

Anônimo disse...

Meus queridos!

Sucesso no ensaio!
Estou muito feliz de vocês estarem vivendo uma viagem tão linda!

Belas cigarras e formigas aí em Portugal!
Amo vocês!
Alcione

Í.ta** disse...

belesuras de relatos estes, gentem!

beijos a todos.

bom passeio e congresso.

Tecnologia do Blogger.