Resenha de "Conversa de passarinhos"

/
1 Comments
Por Alcione Pauli
(Pesquisadora do Prolij, mestranda do curso Patrimônio Cultural e Sociedade / UNIVILLE e coordenadora de bibliotecas de Joinville)

        Duas mulheres “fotografando” em palavras a sutileza dos pássaros. Um dueto que resultou num trabalho raro de muitos vôos aos espaços destinados aos passarinhos que cantam poesia.

        Atualmente com tantos ruídos contemporâneos das ruas – buzinas, caminhões, ônibus, carros, auto-falantes anunciando promoções – ler os haikais de Alice Ruiz e Maria Valeria é uma dupla delícia: ter contato com textos sensíveis e acalantar os ouvidos. Na medida em que vamos descobrindo os haikais a sensação é de que há um mundo escondido por estes leves seres, os pássaros. Basta um galhinho / e vira trapezista /o passarinho. (Alice Ruiz)
        Muitas são as transformações ao farfalhar das páginas do livro, por exemplo: quais imagens que podemos ter de uma flor de romã e de beija-flor? Na flor de romã / minúsculo helicóptero / beija-flor da manhã. (Maria Valéria)
        Sobre as imagens, a ilustradora Fê faz seus traços lembrarem os emaranhados dos ninhos contendo galhinhos, plumagens, ciscos e restos de cascas de pequenos ovos.
        O livro está em um conjunto harmonizado com haikais belíssimos e traços bem elaborados. Enfim, um deleite realmente às crianças de todas as idades.

Referência: Conversa de passarinhos: Haikais para crianças de todas as idades, de Alice Ruiz S e Maria Valéria Rezende, ilustração de Fê, Iluminuras, 2008.



Posts relacionados

Um comentário:

Maria Valéria disse...

Obrigada pelo seu comentário, Alcione. Você sentiu bem o prazer com que Alice e eu "dialogamos" esses haikais. Um abraço. Até breve! MValéria

Tecnologia do Blogger.