Natureza, cores, formas e poesia

/
0 Comments

Graça Lima, com sutileza e muita leveza nas cores e nas formas, apresenta cenas de uma história poética que narra a relação entre o índio e a natureza. Esta é sentida nas pinceladas verdes da mata e da água, água que, durante um por de sol, pode ter tons de lilás e laranja. A terra, a mata e os animais são homenageados com uma espécie de sinfonia das cores, em que todas as imagens narradas enfatizam a amizade projetada no título do texto, “Abaré”, que na língua tupy significa “amigo”.



Uma leitura que remonta, ou dá uma pitada do que pode ser, ou pode ter sido um dia de um pequeno índio que, na narrativa, de Graça Lima, não desbota.


Ficha técnica:



Livro: Narrativa visual - Abaré
Autora: Graça Lima
Editora: Paulus
Ano: 2009






Alcione Pauli

Mestranda em Patrimônio cultural e sociedade Pesquisadora voluntaria do Prolij - UNIVILLE




Posts relacionados

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.